Inevitável

Um dia
escorre-nos
cara abaixo

um botão de rosa
bordado a ouro

do tamanho do amor

pela inevitabilidade
de se adultecer.